Pesquisar no "bebe-se"

Não gaste muito dinheiro Faça você mesma (o) !

Não gaste muito dinheiro
Faça você mesma (o) !

21 de dez de 2013

Postado Por: Edilene brandao da silva As , , , , , , | Sem Comentarios

Molho madeira 

 





Ingredientes


  • 2 colheres de sopa de manteiga
  • 40 g de farinha de trigo
  • 80 ml de vinho madeira
  • 560 ml de caldo de carne
  • 1 pitada de sal
  • 1 colher chá de mostarda
  • champignon (opcional)


Modo de Preparo



  1. Derreta a manteiga, junte a farinha e mexa bem até que fique dourada
  2. Acrescente aos poucos o vinho madeira, o caldo de carne, o sal, a mostarda e o champignon mexendo sempre até engrossar ligeiramente
  3. Este molho acompanha carnes
  4. Se não tiver vinho madeira, substitua por conhaque
 Tempo de preparo 06min




Não gaste muito dinheiro 
Faça você mesma (o) ! 
http://bebe-se.blogspot.com.br/
  • Não gaste muito dinheiro ....
    Faça você mesma (o) !


Ingredientes:

  • 1 envelope de gelatina em pó sem sabor
  • 2 latas de leite condensado
  • 1 lata de creme de leite
  • 1/4 de litro de sorvete de creme
  • 340 grs. de chocolate diamante negro picado

Modo de fazer:

Prepare a gelatina de acordo com as instruções da embalagem. Reserve.
No liquidificador, bata o leite condensado, o creme de leite, o sorvete e a gelatina reservada.
Em um refratário ou em taças individuais, alterne camadas de creme e camadas de chocolate picado.
Leve à geladeira por 3 horas ou até firmar bem.

Informações adicionais

Variação: Pode substituir o chocolate picado por biscoito Negresco picado, sem o recheio branco.

fonte:
almanaqueculinario


Não gaste muito dinheiro ....
Faça você mesma (o) !

http://bebe-se.blogspot.com.br/

19 de dez de 2013

Postado Por: Edilene brandao da silva As | Sem Comentarios




ou


 

Parcerias:

Entrar em contato  via
email: envialinks.noticias@gmail.com

30 de nov de 2013

Postado Por: Edilene brandao da silva As | Sem Comentarios

"Como Criar um Blog:

A Importância das Redes Sociais"


Nesta série de artigos sobre como criar um blog de sucesso já falamos em várias coisas entre elas os primeiros passos, a plataforma, alojamento e domínio, a construção do site, os últimos detalhes serem verificando antes de lançar o blog e também demos algumas dicas para melhorar o SEO do seu site. Na verdade a informação básica já foi dada e tanto este post como os seguintes têm como objectivo reforçar os primeiros posts sobre este assunto.
Neste artigo vamos falar da importância das redes sociais e dos seus benefícios quando bem utilizadas.

A Importância das Redes Sociais

As redes sociais fazem parte da vida de muitas pessoas. Alguns utilizam-na para fins profissionais (para promover alguma coisa) enquanto outros, os utilizadores comuns, usam as redes sociais para conviverem com outras pessoas, publicar fotos, dar opiniões sobre vários assuntos, etc. Estas pessoas estão em locais como o Facebook, Twitter ou no Orkut, uma rede social muito utilizada no Brasil.
Para os portugueses as soluções são apenas duas (Facebook e Twitter) mas se você é do Brasil e se o seu objectivo é atrair visitantes desse país, o Orkut é um alvo a atacar.

Como é que as Redes Sociais me podem ajudar?

Uma das questões mais frequentes é como é que as redes sociais podem ajudar a ganhar dinheiro ou a promover um produto.
A resposta é simples: as três redes sociais que indiquei em cima têm milhões de utilizadores registados, se você conseguir ter perfis/contas com muitos seguidores é fácil de fazer com que eles visitem uma página. Para tal basta colocar um update com um texto atractivo e o link para as pessoas visitem.

Campanhas Publicitárias

Imaginemos que você quer promover uma campanha de produtos de beleza. Primeiro tem que saber se tem muitos seguidores do sexo feminino (normalmente os homens não têm muito interesse sobre este assunto), depois tem que colocar um update no seu perfil que faça com que o visitante clique no link e aceda ao site:
Os Melhores Produtos de Beleza para Mulheres: (aqui fica o endereço)
Esta actualização será mostrada a todos os seus seguidores e imaginemos que você tem 10 mil mulheres a seguir o seu perfil, quantas é que iriam clicar? E quantas é que iriam comprar o produto?
Apenas para exemplificar, imagine que 1000 pessoas clicaram e 20 delas compraram o produto. Supondo que você ganha 4 euros por venda, você teria ganho 80 euros com apenas um update (20 compras * 4 euros = 80 euros).

Promover um Site

As visitas enviadas pelas redes sociais podem também ser utilizadas para fazer com que um site cresça e ao mesmo tempo ganhar dinheiro.
A forma como você deve de fazer as coisas é igual a anterior em que o objectivo é promover campanhas que lhe dê lucro, ou seja, ter um perfil com muitos seguidores e colocar updates. A principal diferença é que ao enviar o tráfego para o seu site você tem que optimiza-lo para obter o máximo dessas visitas.

“Agarre” os Visitantes

Se o objectivo é fazer o site crescer, tem que arranjar alguma forma para que parte desses visitantes torne-se seguidores e voltem a visitar o site. A melhor forma de fazer isto é colocar a frente dos olhos, ou seja, num local bem visível opções de subscrição como uma newsletter, RSS Feed e links para perfis nas redes sociais mais importantes.
Na minha opinião a newsletter é a melhor opção porque além de criar uma lista de utilizadores interessados, pode fazer envios de emails com os últimos posts do seu site e até promover campanhas de publicidade por email. Lembre-se que para poder manter os subscritores, não deve de enviar demasiados emails.
Para aumentar a probabilidade de registo, ofereça a quem se inscrever alguma coisa: Um livro, um ebook, faça um passatempo, etc.

Publicidade no Site

A publicidade que você coloca no seu site deve de ser relacionada com os assuntos tratados lá. Não vale a pena ter um site sobre mulheres e colocar publicidade sobre produtos para homens porque não vai funcionar.
Imaginemos que o site é sobre dicas de beleza. Pode colocar publicidade sobre alimentação (dietas por exemplo), roupa, produtos de beleza, etc.
Ocasionalmente pode fazer um post para promover alguma campanha, geralmente uma review a um produto converte mais do que um banner, mas tenha cuidado, não abuse.
Quantidade e Localização da Publicidade
Uma das coisas que eu aconselho-o a não fazer é encher o site com publicidade. É normal que queira ganhar dinheiro, mas muita publicidade passa uma má imagem do seu site podendo tirar toda a sua credibilidade e afastar os visitantes.
Deve de colocar pouca publicidade, mas nos locais certos. Eu recomendo que tenha no máximo 3 banners por página nos seguintes locais:
  • Inicio dos Posts
  • Fim dos Posts
  • Todo da Sidebar
  • Lista de links do Adsense junto ao menu (geralmente converte porque as pessoas confundem a publicidade com um menu)

Ferramentas de Partilha

Se os seus visitantes vêm de redes sociais, estão certamente habituados a partilhar o que encontram de útil na internet com os amigos. Por isso o seu site deve de ter, principalmente nos posts, widgets de partilha.
Existem vários plugins para wordpress que adicionam esses widgets. Ultimamente têm aparecido vários sites com um widget de partilha ao lado do post, widget esse que acompanha o leitor desde o inicio ao fim do post. Veja este post se quiser usar um widget deste tipo.
Visto que o Facebook é a maior rede social do momento, é recomendado que você adicione no fim de cada post o botão “gosto” (também conhecido por “like”). Pode obter o código html nesta página.

Seja Simpático!

Tente criar uma relação de amizade com os seus leitores. Ajude-os se precisarem, responda a emails e não deixe nenhum comentário sem resposta. Desta forma vai mostrar que está atento aos seus leitores e que não os ignora.

Como Fazer?

Agora que já sabe como é que as coisas funcionam, chegamos a parte prática. Para começar deve de criar uma conta num desses sites e personalizar correctamente o perfil. Seja o mais profissional possível.
Nota: Se vai utilizar o Facebook, lembre-se que é recomendado utilizar uma página de fãs em vez de um perfil. Veja este artigo sobre os benefícios de usar uma página de fãs em vez de um perfil.

Ganhar Amigos e Seguidores

Conseguir amigos e seguidores nas redes sociais pode ser uma tarefa demorada. Tudo depende do numero de pessoas que se interessam pelo assunto que você fala, a forma como promove os seus perfis, a maneira faz actualizações, etc.
Não é simples conseguir ter muitos seguidores através de maneiras “naturais”. Quando digo naturais refiro-me a criar um perfil, personaliza-lo, tornar tudo profissional, colocar conteúdo útil e depois espalhar links pela internet (no seu site, na assinatura do email, na mensagem do msn, na assinatura em fóruns, etc). É claro que é a forma mais correcta de o fazer, mas num mundo em que muitos usam metralhadores, você não pode usar uma simples pistola.
Para quem não entendeu as palavras anteriores, eu resumo: Muita gente obtém seguidores através de softwares que de uma forma ou outra conseguem fazer que você tenha mais seguidores (reais).

A forma “tradicional” e obrigatória

A maneira mais básica de conseguir ter muitos seguidores é colocando os links para essas redes sociais em vários locais, como por exemplo:
  • No seu site: Icons ou textos que incentivem a segui-lo
  • Fóruns: Se participa em fóruns, pode adicionar um simples link para o seu perfil na assinatura (normalmente não há problema)
  • Emails: O email é a forma mais utilizada para comunicar através da internet. Se em cada email enviado/respondido colocar um link, além de não passar uma má imagem, pode ajudar
  • Amigos: Se tem amigos que estão presentes nas redes sociais onde vai apostar, porque não os convidar para segui-lo ?
Como é óbvio, isto deve de ser feito com moderação. Lembre-se que tudo o que é de mais, não presta.

Softwares – O método automático

Muitas pessoas não dizem qual é o segredo para terem tantos visitantes. A maioria dos que têm muitos “amigos” usam ou usaram softwares que permitem aumentar o numero de seguidores. É impossível obter os mesmos resultados que estas pessoas, porque um software pode gerir centenas ou milhares de contas ao mesmo tempo, enquanto que você apenas tem uma e anda a espera que as pessoas se tornem fãs do seu trabalho.
Não vou aprofundar muito porque nem tenho muita experiência, mas só para terem uma ideia de como é que as coisas funcionam:
No Facebook
  • Você compra o software
  • Compra proxy’s para não ficar bloqueado e não perder todas as contas
  • Compra contas já verificadas e com os perfis já personalizados com fotos, etc
  • Insere os dados no programa
  • Ele todos os dias/semanas/meses (conforme os seus objectivos) vai tornar-se amigo de X pessoas (normalmente não mais que 10, para o Facebook não desconfiar)
  • Depois dessas contas terem muitos amigos você sugere que eles sejam fãs de uma página
  • A página sugerida fica com muitos fãs
  • Você promove o que quiser nessa página de fãs, consciente que o spam e muita publicidade pode arruinar todo o trabalho feito
A idéia: Criar várias contas e fazer que os amigos dessas contas se tornem fãs de uma página de fãs.
No Twitter
  • Você compra o software
  • Cria uma conta no twitter
  • Personaliza a conta toda, com informação e foto
  • Começa a seguir pessoas e aguarda que elas as sigam de volta
  • Quando você já não poder adicionar mais pessoas (o twitter tem um limite: por exemplo, se você tem 1000 seguidores, só pode seguir 2000) para de seguir as que estava a seguir e volta a fazer o mesmo processo
A ideia: Seguir e esperar que as pessoas a sigam de volta.

Publicidade/Passatempos

Investir em publicidade ou criar passatempos para incentivarem as pessoas a segui-lo é também uma maneira que deve de ser considerada. Funciona principalmente se você oferecer alguma coisa em troca.

As Actualizações do Perfil/Página de Fãs

Actualizar os seus canais nas redes sociais é uma coisa fácil, apenas tem que escrever e colocar um link… mas por ser fácil não significa que não deva ponderar antes de clicar no “enter”.
Lembre-se que o seu objectivo é aumentar o numero de seguidores, não diminuir. Se você colocar publicidade, comentários ou links irrelevantes, as pessoas vão parar de seguir porque ninguém gosta de spam. Não estou a dizer que não deva de colocar publicidade ou algo parecido, um link com publicidade no meio de 10 úteis e que deixaram os seus seguidores agradados não é nada.
Algumas sugestões:

Mensagens curtas, directas e atractivas

Coloque-se no lugar dos seguidores e pense da mesma forma que eles. Você provavelmente clicava num link se o texto da actualização fosse “Os 10 segredos nunca antes revelados sobre as redes sociais” mas se o texto fosse “Um bom artigo sobre redes sociais, aproveitem” já não clicava, certo ?
As mensagens devem de ser directas, atractivas e curtas senão não funcionam.

A hora da actualização

As actualizações devem de ser feitas na hora em que a maioria das pessoas estão online. Ou seja, antes ou depois da hora de jantar.
Nos meus testes reparei que os links colocados depois das 3 da tarde (em Portugal) enviavam mais visitas. Mas a hora em que tive melhores resultados foram as 9/10 horas da noite, hora em que muita gente já jantou e está no computador.

Página de destino

Você gosta de entrar num site e ver um design feio, muito carregado, cheio de publicidade, lento ou até mesmo offline? Não? Então os seus seguidores também não vão gostar, tenha atenção a isto.
Verifique os links antes de publicar o update, veja se está tudo ok. Se falhar, quantas visitas você vai perder?

A escrita

Escrever com abreviaturas ou com muitos erros dá um mau aspecto. Evite ao máximo abreviar e usar a linguagem SMS: além de nem todos entenderem, nenhum profissional faz isso em trabalho.

O conteúdo

Já falei nisto e volto a dizê-lo: apenas coloque conteúdo que interessem aos seus visitantes. Se você tem uma página de fãs em que as pessoas interessam-se por jogos, não vai colocar informações sobre moda. Alguns podem gostar do assunto, mas o seu objectivo é manter um conjunto de pessoas que se interessam por jogos e não misturar dois tipos de pessoas no mesmo lugar.

Conclusão

"Depois de passar algumas horas a escrever este post, acho que consegui dar uma idéia de como podem ganhar dinheiro e visitas com as redes sociais."





fonte e créditos:
http://www.wptotal.com/como-criar-um-blog-a-importancia-das-redes-sociais/
Postado Por: Edilene brandao da silva As , | Sem Comentarios

16 de ago de 2012

Postado Por: Edilene brandao da silva As | Sem Comentarios

contato:


email:
envialinks.noticias@gmail.com

16 de nov de 2010

Postado Por: Edilene brandao da silva As | 2 Comentarios


http://consultar1.blogspot.com

15 de jul de 2009

Postado Por: Edilene brandao da silva As | Sem Comentarios

"   Post

pode referir-se a:

Post,

entradas de texto cronóligas

em websites/blogs" ...

"Post"

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.




   "  Post pode referir-se a:
------------------------------

"Blog"

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

"Um blog (contração do termo "Web log"), também chamado de blogue em Portugal, é um site cuja estrutura permite a atualização rápida a partir de acréscimos dos chamados artigos, ou "posts".
Estes são, em geral, organizados de forma cronológica inversa, tendo como foco a temática proposta do blog, podendo ser escritos por um número variável de pessoas, de acordo com a política do blog.


Muitos blogs fornecem comentários ou notícias sobre um assunto em particular; outros funcionam mais como diários online. Um blog típico combina texto, imagens e links para outros blogs, páginas da web e mídias relacionadas a seu tema. A capacidade de leitores deixarem comentários de forma a interagir com o autor e outros leitores é uma parte importante de muitos blogs.
Alguns sistemas de criação e edição de blogs são muito atrativos pelas facilidades que oferecem, disponibilizando ferramentas próprias que dispensam o conhecimento de HTML. A maioria dos blogs são primariamente textuais, embora uma parte seja focada em temas exclusivos como arte, fotografia, vídeos, música ou áudio, formando uma ampla rede de mídias sociais. Outro formato é o microblogging, que consiste em blogs com textos curtos.
Em dezembro de 2007, o motor de busca de blogs Technorati rastreou a existência de mais de 112 milhões de blogs.[1] Com o advento do videoblog, a palavra "blog" assumiu um significado ainda mais amplo, implicando qualquer tipo de mídia onde um indivíduo expresse sua opinião ou simplesmente discorra sobre um assunto qualquer.

Índice





História

O termo "weblog" foi criado por Jorn Barger[2] em 17 de dezembro de 1997. A abreviação "blog", por sua vez, foi criada por Peter Merholz, que, de brincadeira, desmembrou a palavra weblog para formar a frase we blog ("nós blogamos") na barra lateral de seu blog Peterme.com, em abril ou maio de 1999.[3][4][5] Pouco depois, Evan Williams do Pyra Labs usou "blog" tanto como substantivo quanto verbo ("to blog" ou "blogar", significando "editar ou postar em um weblog"), aplicando a palavra "blogger" em conjunção com o serviço Blogger, da Pyra Labs, o que levou à popularização dos termos.[6]

Origens

Antes do formato blog se tornar amplamente conhecido, havia vários formatos de comunidades digitais como o Usenet, serviços comerciais online como o GEnie, BiX e Compuserve, além das listas de discussão e do Bulletim Board System (BBS). Em 1990, softwares de fóruns de discussão como o WebEx criaram os diálogos via "threads".
O blog atual é uma evolução dos diários online, onde pessoas mantinham informações constantes sobre suas vidas pessoais.


Estes primeiros blogs eram simplesmente componentes de sites,
atualizados manualmente no próprio código da página. A evolução das ferramentas que facilitavam a produção e manutenção de artigos postados em ordem cronológica facilitaram o processo de publicação, ajudando em muito na popularização do formato. Isso levou ao aperfeiçoamento de ferramentas e hospedagem próprios para blogs.

Popularização

A mensagem passou a modelar o meio, quando no início de 2000, o Blogger introduziu uma inovação – o permalink, conhecido em português como ligação permanente ou apontador permanente – que transformaria o perfil dos blogs. Os permalinks garantiam a cada publicação num blog uma localização permanente - uma URL – que poderia ser referenciada. Anteriormente, a recuperação em arquivos de blogs só era garantida através da navegação livre (ou cronológica). O permalink permitia então que os blogueiros pudessem referenciar publicações específicas em qualquer blog.


Em seguida, hackers criaram programas de comentários aplicáveis aos sistemas de publicação de blogs que ainda não ofereciam tal capacidade. O processo de se comentar em blogs significou uma democratização da publicação, consequentemente reduzindo as barreiras para que leitores se tornassem escritores.




A blogosfera, termo que representa o mundo dos blogs,



ou os blogs


como uma comunidade



ou



rede social,



cresceu em ritmo espantoso.



Em 1999 o número de blogs era estimado em menos de 50; no final de 2000, a estimativa era de poucos milhares. Menos de três anos depois, os números saltaram para algo em torno de 2,5 a 4 milhões. Atualmente existem cerca de 112 milhões de blogs e cerca de 120 mil são criados diariamente, de acordo com o estudo State of Blogosphere.[7]


Componentes do blog

Blogueiro (br) / Bloguista (pt)

Blogueiro (português brasileiro) ou bloguista (português europeu)



ou ainda blogger



são palavras utilizadas para designar aquele que escreve em blogues.


"  O universo dos blogueiros (a soma de tudo o que está relacionado a este grupo e este grupo em si) é conhecido como blogosfera."


No dia

comemora-se o  




(devido a semelhança da data 31.08 com a palavra blog),

que se propõe a promover a descoberta de novos blogues e de novos blogueiros.

Artigos

Conhecidos também como "   post",  



a forma substantiva do verbo "postar", refere-se a uma entrada de texto efetuada num weblog/blog. As postagens são organizadas tradicionalmente de forma cronologicamente inversa na página, de forma que as informações mais atualizadas aparecem primeiro, ou colocada ao contrário, a postagem mais antiga aparece em primeiro, sendo opção do blogueiro.
Um artigo deve seguir a temática proposta pelo blog e,

embora permita uma enorme liberdade opinativa,



seu conteúdo está sujeito às mesmas regras legais de outras fontes,


de modo que seu autor pode vir a ser responsabilizado juridicamente por aquilo que escreve.

Atualmente, a maioria dos blogs é compatível com o recurso de inserção de imagens, vídeos, áudio nos artigos.

Comentários

Um recurso característico dos blogs é a possibilidade de interação do visitante, respondendo ou opinando em relação aos artigos postados."
-----------------



"  Ver também

"  Referências

Ligações externas

27 de abr de 2009

Postado Por: winkseemoticons As | Sem Comentarios

Pesquisa personalizada



C O N S U L T E A Q U I
Google
Pesquisa personalizada










Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

# Compartilhar

Delicious Digg Facebook Favorites More Stumbleupon Twitter

Buscador

Arq. bebe-se

estatísticas

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *


http://instagram.com/edilenebrandaodasilva LinkedInTwitter Facebookstumbleupon Google Plus RSS Feed Email/